Governo do Maranhão promove seminário sobre geração de trabalho, renda e empreendedorismo para população LGBTQI+

Acessar fotos
21/01/2022

 

O Governo do Maranhão, através da Secretaria de Estado do Trabalho e da Economia Solidária (Setres), em parceria com o Conselho e Fórum Estadual LGBT, promoveu nos dias 25 e 26 de novembro, a I Semana Estadual do Trabalho, Renda, Empreendedorismo e Empregabilidade LGBTI+. Com a finalidade debater e propor políticas públicas do trabalho, empregabilidade e empreendedorismo em relação à população LGBTI+. Durante os dois dias, foram debatidas questões socioeconômicas e sociais, a inserção no mercado de trabalho formal e perspectivas de empreendedorismo para população LGBTI+ na garantia da cidadania pela dignidade do exercício profissional em decorrência da sua orientação sexual e identidade de gênero, apontando caminhos que possibilitem a inserção por meio de políticas públicas e no fomento ao empreendedorismo nas mais diversas áreas e segmentos profissionais, garantindo o trabalho enquanto direito humano para população LGBTI+ do Maranhão. Através do método ver, julgar e agir e de ferramentas metodológicas da educação popular, o evento teve caráter participativo e propositivo, de modo que possibilite a interação com falas do Movimento LGBTI+ e representantes do poder público em busca da garantia do direito ao trabalho a essa população. Sendo uma forma de avançar na construção de políticas públicas de igualdade e inclusão, como na garantia de acesso ao trabalho digno para população LGBTI+, somada à I Semana Estadual de Trabalho, Renda, Empreendedorismo e Empregabilidade LGBTI+, também foi promovida a Feira Cultural Arco-íris: Empreendedorismo e Geração de Renda para população LGBIT+. “O Governo do Maranhão entende que há a necessidade de ter diálogos e a construção de um plano que gere empregos, mas também atuamos com formas emergentes para que a população LGBTI+, também afetada pelos impactos da pandemia, tenha renda garantida. Por isso, nossa feira contou com atrações e comercialização de produtos do movimento, vindos de toda região do Estado. Atrações e empreendedores (as) com renda garantida. Esta é mais uma forma de mostrar que o governo Flávio Dino é solidário, igualitário e está com seu povo”, concluiu Jowberth Alves, gestor da Setres.