Plenária Estadual de ECOSOL definiu delegados para encontro nacional que acontece em agosto

Acessar fotos
6/06/2022

Além de revisar e atualizar o Plano Estadual de Economia Solidária, com metas de desenvolvimento para o segmentos nos municípios do Estado, a VI Plenária Estadual de Economia Solidária, encerrada nesta quarta-feira (1º de junho), também escolheu os 10 delegados que irão representar o Maranhão na Plenária Nacional de ECOSOL, prevista para acontecer no mês de agosto desse ano.

O encontro reuniu delegados que foram eleitos nas plenárias territoriais organizadas nas regionais de São Luís, Pindaré, Balsas, Pinheiro e Morros durante o mês de maio desse ano, além de contar com a presença de representantes de empreendimentos da economia solidária, organizações de apoio ao segmento e gestores públicos para debater propostas para o desenvolvimento da política solidária no Maranhão.

Segundo a secretária da Setres, Lília Raquel, que participou das plenárias em São Luís e nos demais municípios, essas propostas, cujo maior teor é traçar metas para alavancar o crescimento da ECOSOL, deverão ser encaminhadas para Plenária Nacional para compor a pauta de debates sobre o setor em todo o país.

“A plenária estadual foi um momento importante que reunir lideranças do movimento da economia solidária, das mais diversas regiões do Maranhão. Na oportunidade, foi feita a atualização do Plano Estadual de ECOSOL e traçadas as metas e ações para que o governo saiba onde deve investir no setor”, sintetizou a secretária da Setres.

Segundo Lília Raquel, o governador Carlos Brandão é ciente dos debates feitos durante as plenárias regionais e na Estadual e já sinalizou a importância do setor, bem como demonstrou compromisso em fazer investimentos públicos no segmento, que está presente nos 217 municípios do estado e tem garantido emprego, trabalho e renda para milhares de famílias maranhenses, tornando o “Maranhão mais justo para todos”, como é o propósito do Governo do Estado.

Também participando da Plenária Estadual, a secretária adjunta da Setres, Jordânia Pessoa, destacou que o encontro que aconteceu na Grande São Luís conseguiu reunir 100 delegados, vindos de várias regiões do Estado e foram eles que escolheram os 10 delegados estaduais que representarão o Maranhão na Plenária Nacional.

“Nesse encontro nacional, vamos levar debates imprescindíveis sobre as políticas públicas em torno da economia solidária, pois a política solidária passa por ações como a segurança alimentar, a agroecologia e as políticas para mulheres, que são a maioria dos empreendimentos aqui no Maranhão, como em outros estados”, informa a secretária adjunta.

Por sua vez, a presidente do Conselho Estadual de Economia Solidária do Maranhão (Ceesol – MA), Santana Freire, ressaltou a importância das plenárias territoriais e estadual que, de acordo com ela, objetivaram discutir a história da ECOSOL no Maranhão e no Brasil. “Tudo o que foi falado e debatido é importante para construir os rumos do segmento para os próximos desafios que nos esperam”, afirmou a dirigente.